fonte de texto

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Poesia Felicidade

Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!





Autor,

Fernando Pessoa

2 comentários:

Sayuri Okamoto disse...

adorei seu blog e passarei por aqui mais vezes
passe no meu depois

http://amyumiokamoto.blog.com/
http://caminhosopostos-vida.blogspot.com/

Beijos

Daiane disse...

Sayuri, obrigada!
Fico feliz que
tenha gostado do meu cantinho das Brisas. Volte sempre, que desejar!
um grande abraço, fica com Deus

Leia também: